Respire, conte até 10 e comece a relaxar com técnicas simples

Respire, conte até 10 e comece a relaxar com técnicas simples

Acordar atrasado, encarar horas de engarrafamento, lidar com a cobrança no trabalho... É muita pressão vinda de todos os lados. Quantas vezes você já fez alguma atividade ou andou alguns quarteirões sem se dar conta e de repente pensou "Como eu cheguei aqui?". São essas situações que demonstram o quão desconcentrado e estressado você pode estar.

Principalmente nas grandes cidades, onde a população gasta mais tempo nos percursos para realizar suas tarefas e tem uma carga horária semanal de trabalho maior que em outras cidades menores, o estilo de vida não tem sido o mais saudável. Uma pesquisa feita pelo IBOPE em 2015 relatou que na cidade de São Paulo, uma das principais metrópoles do País, 57% dos entrevistados morariam em outro lugar. É o maior nível de insatisfação desde 2009. O quesito 'Qualidade de vida' recebeu nota 5.1 em uma escala de 10.   

Mas será que é preciso sair das grandes cidades para se viver bem? Thiago Leão, professor de yoga e meditação e responsável pelo Instituto Hermógenes Yoga dá uma boa dica para aprender a viver bem e diminuir o impacto da correria no cotidiano. "Todo mundo está sofrendo de um estresse crônico. As pessoas não pensam, não respiram. Precisamos parar alguns minutos em nosso dia para prestar atenção em nosso corpo e dar paz à nossa mente". 

O exercício é simples, leva cerca de 15 minutos e pode ser feito por qualquer pessoa.

  • Deite no chão por cima de uma toalha, tapete ou colchonete ou fique sentado em uma posição confortável.
  • Estenda os braços rente ao ombro e coloque as palmas das mãos para cima.
  • Separe um pouco os pés e os braços.
  • Comece a enviar comandos mentalmente (sem falar) para cada parte do seu corpo, relaxando desde os pés até a cabeça.
  • Após terminar o relaxamento, permaneça deitado e em silêncio durante 5 minutos.

"No início é comum ter dificuldade em ficar parado. Vejo muitos dos meus alunos que começam a tremer a mão ou mexer a perna. Mas esse exercício é importantíssimo para liberarmos a tensão e todas as ansiedades acumuladas", aponta o professor.

Para os que acreditam não ter tempo, o relaxamento pode ser feito em qualquer lugar e horário, desde a cadeira do trabalho até o sofá de casa. "É muito importante treinar o seu corpo para o relaxamento. Depois de algum tempo, os benefícios são muito perceptíveis e a pessoa se sente mais tranquila e preparada para lidar com os problemas do cotidiano. Precisamos dar mais atenção à nossa respiração e emoções". Alguns estudos na área da Yoga relatam que este tipo de relaxamento é tão profundo que pode ser mais revigorante e eficaz que uma noite mal dormida.