Como assim, Dr. Falci?: Há algo de errado em levantar à noite para urinar?

Como assim, Dr. Falci?: Há algo de errado em levantar à noite para urinar?

Por Rentao Falci Jr.

Interromper o sono para ir ao banheiro é um dos sintomas mais frequentemente relacionados a problemas do trato urinário a partir do 60 anos. É tão frequente que, até uma vez por noite, é considerado normal nessa faixa etária. A pesquisa Um Novo Olhar para a Saúde do Homem, realizada pelo Instituto Lado a Lado pela Vida, em parceria com a revista Saúde, aponta que 30% dos homens entrevistados levantam mais de uma vez por noite para ir ao banheiro.

É um sintoma que parece inocente, além de poder ser um alerta para alguma doença, quando mais frequente, é responsável por um grande perigo para os idosos, pois pode gerar quedas, causando fraturas e contusões, bem como a piora significativa na qualidade do sono.

Apesar de muitos não darem a devida importância e até se acostumarem com esse incômodo, ele pode ser o primeiro sinal de algo errado com o organismo. Vejamos algumas causas:

1 - Ingestão excessiva de líquidos no final do dia. Um organismo normal mantém um controle muito preciso dos seus líquidos. Assim, o excedente ingerido, seja por meio de bebidas ou de alimentos, é rapidamente eliminado. Portanto, se antes de dormir, ingere-se mais líquidos do que o corpo precisa, eles tendem a serem eliminados durante à noite.

2 - Edema dos membros inferiores. A partir dos 50 anos e principalmente nos meses quentes, quem passa muito tempo em pé pode reter até um litro de líquidos nas pernas sem perceber e esse líquido começa a ser eliminado durante à noite, assim que o indivíduo deita e, consequentemente, eleva os membros inferiores.

3 - Doenças clínicas como diabetes, hipertensão e insuficiência cardíaca. Existem várias doenças cujos primeiros sintomas podem estar relacionados com alteração na distribuição dos líquidos no organismo, podendo levar ao aumento das micções noturnas.

4 - Diabetes mal controlado. É uma causa muito importante e muito confundida com problemas da próstata. Pelo fato de eliminar açúcar na urina quando mal compensado, o que funciona como um diurético, o paciente diabético fora de controle levanta mais vezes durante a noite para ir ao banheiro e, consequentemente, acaba tendo um jato mais fraco.

5 - Uso de medicamentos. Os diuréticos aumentam transitoriamente a produção de urina. Dependendo do medicamento e da hora em que é tomado, pode acarretar em maior número de micções durante à noite.

6 - Finalmente, mas não menos importante, o crescimento benigno da próstata. O crescimento é um grande causador do aumento de micções durante a noite. Pelo fato de gerar uma obstrução para a saída da urina, a bexiga se torna obrigada a ficar mais forte para vencer essa obstrução. Com o passar dos anos, lutando contra a obstrução causada pela próstata, ela se torna instável e acaba desencadeando contrações com mais frequência.

Embora a tendência seja de aceitarmos passivamente os sintomas que aparecem de forma lenta, muitos deles são sinais de alerta de alguma doença. Felizmente, na maioria das vezes, essas doenças têm tratamento e, com ele, a vida pode melhorar.