Museu do Futebol promove ações em prol do Novembro Azul

Museu do Futebol promove ações em prol do Novembro Azul

O Museu do Futebol - instituição da Secretaria de Estado da Cultura, localizado no estádio do Pacaembu, em São Paulo - abraçou a importância da conscientização sobre exames de rastreamento do câncer de próstata, apoiando o  Movimento Novembro Azul , promovido pelo Instituto Lado a Lado pela Vida em parceria com a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU).

A partir do dia 15 de novembro, a fachada do Museu receberá uma iluminação em tons de azul, mantendo-se todo iluminado até dia 22 de novembro. Além do cenário especial, nos dias 16 e 17 de novembro serão distribuídos folhetos sobre a campanha.

No dia 16 de novembro, das 10h às 11h, será realizada uma palestra especial sobre o câncer de próstata no Auditório Amando Nogueira. O palestrante será o  oncologista Ricardo Caponero , ex-presidente da Associação Brasileira de Cuidados Paliativos. São esperadas 180 pessoas para a ação e a entrada é gratuita.

"Como grande parte dos apaixonados por futebol são homens, o Museu do Futebol não poderia deixar de apoiar o Movimento Novembro Azul, cujo objetivo é conscientizar a população masculina sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata. Estamos abrindo nossas portas para contribuir com a ampliação do movimento, já que nosso público é composto, em sua maioria, por homens de todas as idades e que certamente serão multiplicadores de informação", diz Luiz Laurent Bloch, diretor executivo do Museu do Futebol.

"A campanha tem sido referência na missão de orientar a população masculina a cuidar melhor da saúde e procurar o médico com mais frequência. Os homens são mais resistentes à ideia de ir regularmente ao urologista e, por isso, acabam descobrindo a doença em estágio já avançado", diz Marlene Oliveira, presidente do Instituto Lado a Lado pela Vida.

Sobre o Novembro Azul

Depois do sucesso do "Outubro Rosa", movimento sobre prevenção do câncer de mama que tomou conta do Brasil, agora chegou a vez de repetir a dose, mas com a atenção voltada para a saúde masculina. Criado pelo Instituto Lado a Lado pela Vida em parceria com a Sociedade Brasileira de Urologia, o Novembro Azul, tem o objetivo de orientar sobre  câncer de próstata , assunto ainda cheio de preconceito e resistência entre os homens que não têm o hábito de ir ao médico para a realização de exames preventivos.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), no Brasil, um a cada seis homens é vítima da doença, que, se não identificada e tratada no estágio inicial, pode levar a óbito. Esse mal é considerado um dos principais fatores responsáveis pela morte entre os homens.