Maratona de Cabo Branco prestigia Novembro Azul

Maratona de Cabo Branco prestigia Novembro Azul

Neste sábado, 22 de novembro, a partir das 16h30, ocorrerá a III edição da Meia Maratona de Cabo Branco. A corrida será na orla de Cabo Branco, em João Pessoa - Paraíba e contará com ação do movimento Novembro Azul, que visa conscientizar a população masculina sobre o câncer de próstata. Haverá percursos de 5, 10 e 21 K. As categorias da meia maratona são: atletas até 60 anos, acima de 60 anos, cadeirantes e outras deficiências.

Na largada, uma tenda disponibilizará aferição da pressão arterial e distribuição de material sobre câncer de próstata aos participantes. O diferencial da divulgação fica por conta dos cinco paraquedistas que empunharão uma faixa do Novembro Azul no belo céu da capital paraibana.

O câncer de próstata é o câncer mais frequente no sexo masculino, ficando atrás apenas do câncer de pele não melanoma. Estatísticas apontam que a cada seis homens, um é portador da doença. A estimativa é de que, em 2014, 69 mil novos casos sejam diagnosticados, ou seja, a descoberta de um caso a cada 7,6 minutos.

"A campanha tem sido referência na missão de orientar a população masculina a cuidar melhor da saúde e procurar o médico com mais frequência. Os homens são mais resistentes à ideia de ir regularmente ao médico e, por isso, acabam descobrindo a doença em estágio já avançado", diz Marlene Oliveira, presidente do Instituto Lado a Lado pela Vida.

Sobre o Instituto Lado a Lado pela Vida

O Instituto Lado a Lado pela Vida é uma instituição brasileira sem fins lucrativos, qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), idealizada em 2008. Desenvolve conceitos e projetos, além de apoiar e implantar ações voltadas ao campo da humanização em saúde e da atenção integral ao cidadão em diferentes fases da vida. Preocupado com a saúde do homem, o Instituto criou em 2008 a campanha "Um Toque, Um Drible", que tem o objetivo de promover uma mudança de paradigmas em relação à ida do homem ao médico para a realização de exames preventivos.

A campanha permanece ativa durante o ano todo e, em novembro de 2012, criamos o Novembro Azul. Em 2013, o Novembro Azul superou todas as expectativas, sendo um marco norteador no País. Foram mais de 260 ações realizadas em 23 estados, com a distribuição de 1,5 milhão de folders e o impacto de mais de 30 milhões de pessoas.